Vamos falar sobre Mapeamento de Processos?

Alunos Prof. Marco AntonioporAlunos Prof. Marco Antonio

Vamos falar sobre Mapeamento de Processos?

Por meio do mapeamento de processos é possível identificar cada passo do processo, as pessoas, recursos envolvidos e com isso otimizar o caminho e trazer melhores resultados.

Com este tipo de metodologia o empreendedor se torna capaz de identificar os pontos fracos do projeto ou controles internos, criar planos de ação, desenhar os processos, e aplicar o método interativo PDCA (Planejar, Desenvolver, Checar e Analisar). Consequentemente tendo ferramentas de planejamento estratégico, objetivando e elevando o nível de Eficiência Operacional, mensurando falhas e obstáculos como também validando e travando os processos.

O objetivo é garantir que a empresa possua informações e processos suficientes para o desenvolvimento das atividades, visando:

  • Analisar e medir a fidedignidade dos números financeiros / contábeis;
  • Medir a qualidade das informações;
  • Identificar os processos e os riscos inerentes aos mesmos;
  • Classificar os impactos e vulnerabilidade do negócio.

Com a metodologia As-is/To-Be, identificamos os processos de negócio, de maneira qualitativa executados sem padrão ou fragmentados, com resultados difíceis de serem previstos, (As is). Esses processos são documentados, padronizados e integrados às regras do negócio tornando se (To Be), podendo ser desenhados através da ferramenta BPM (Business Process Management), tendo uma visão a fundo do fluxo das rotinas.

A performance dos processos é medida e a informação é utilizada para melhorar a qualidade dos produtos e serviços. Um ciclo contínuo de otimização.

Caracterizando o PDCA, tendo no plano de ação uma forma de organizar e seguir uma metodologia definida para metas e objetivos da atividade.

Após essa fase temos condições de verificar as eficiências operacionais de forma assertiva, podendo ser mensurados. Próximos passos, providenciar os manuais e decretos com a padronização na execução.

Enfim, após todo o mapeamento montado e manualizado é criado os decretos que são considerados como políticas que deverão ser seguidas pelos departamentos que praticam a atividade tornando um processo padrão para os setores envolvidos. Os colaboradores são treinados e os decretos ficam à disposição para consulta na organização.

Quer saber mais? Para ajudar na compreensão e implementação do projeto Governança Financeira, a Consultar possui consultores especializados e utiliza uma metodologia exclusiva, que alinhada às técnicas mais modernas de gestão vai ajudar você e sua empresa a alcançar a máxima eficiência operacional.

Consultora Danielle Kfuri

Sobre o Autor

Alunos Prof. Marco Antonio

Alunos Prof. Marco Antonio author

Deixe uma resposta

WhatsApp chat